terça-feira, 31 de janeiro de 2012

#MIMIMI

Dizem que quem preocupa demais com a vida do vizinho acaba esquecendo de reparar os defeitos da sua própria casa. E, assim acontece no futebol goiano. Nosso ex-vizinho de série A, não para de vigiar nossa casa, estão querendo saber se treinarmos bem, se estamos ganhando, o quanto estamos fazendo, é tanta preocupação que esquecem de organizar o seu próprio galinheiro. As vezes até tentam aparecer contando fofoca dizendo que alguém quer comprar sua galinha dos cachinhos dourados (ixi, acho que confundi os desenhos) ou então contam vantagem dizendo que caçaram um certo tigre, tigre este que está morto a muito tempo.

O que acontece é que quem não tem o que contar, tenta viver da história dos outros (ou então literalmente contam história: "quando eu era o maior do centro oeste, quando eu estava na série A). É tão obsessivo esse amor que o vizinho sente por nós, que as vezes acho que estamos em uma novela mexicana (fazem de tudo para derrubar o Dragão, mas o final feliz, há muitos anos, é nosso).

Sinto muito pequeno pássaro, não precisa ficar com mimimi, lembro da época que éramos o primo pobre do Tio Patinhas, lembro que não tínhamos nada além da nossa humildade e da nossa garra, lembro do bullying que você fazia... Mas, como toda fabula da Carochinha há uma "moral da história", aqui vai a nossa: Cuida dos seus pintinhos que do nosso Dragão cuidamos nós e nunca esqueça que, um dia é da caça e o outro do caçador.


  ( Izadora cresceu lendo fábulas da Carochinha e livros da Disney, leu tanto que acabou confundindo todas...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário